terça-feira, 11 de dezembro de 2012

EMAGRECIMENTO POR ACUPUNTURA



OBESIDADE
A obesidade, nediez ou pimelose, (do grego= pimele = gordura e ose porcesso mórbido), é uma doença crônica, na qual ocorre um aumento exagerado no percentual de gordura natural aumenta exageradamente, levando desde a perda da estética corporal, até problemas graves de saúde, gerando autos índices de mortalidade.

ETIOLOGIA
A obesidade atualmente é um problema de saúde pública que provoca sérias consequências sociais, físicas e psicológicas. A etiologia não é de fácil identificação, pois é uma doença multifatorial entre os fatores comportamentais, genéticos, pico-sociais e fisiológicos.

HORMÔNIO E EQUILÍBRIO ENERGÉTICO
O tecido adiposo antes era conhecido somente como um órgão armazenador de gordura.  Este é um produtor e secretor de inúmeros peptídeos e proteínas bioativas, denominadas adipocitocinas. As adipocitocinas conhecidas estão a leptina e a adiponectina. A homeostase energética será determinada pelo aporte calórico ingerido, pelo gasto energético e metabolização.
Dentro dos fatores endócrinos e metabólicos podemos citar a ação dos hormônios: a leptina, adiponectina e a insulina, sendo a adiponectina e a insulina são elementos críticos, pois são secretados em proporção à massa adiposa. E também dependemos de funções de hormônios estomacais como a grelina.

A LEPTINA
A leptina (do grego leptos= magro) é uma proteína composta de 167 aminoácidos, e é produzida no tecido adiposo branco, que atuam nos receptores do hipotálamo, onde estes promovem a sensação de saciedade e regulam todo o balanço energético.
A concentração plasmática de leptina está parcialmente relacionada ao tamanho da massa do tecido adiposo presente no corpo. Individuo obesos tem cinco vezes mais concentração plasmática de leptina do que indivíduos magros.

INSULINA
A insulina é um hormônio produzido pelas células beta do pâncreas, e é também fabricada proporcionalmente à massa adiposa. No efeito anabólico especifico da insulina atua aumentando a captação de glicose, e a queda da glicemia é um estimulo para o aumento do apetite. A insulina liberada promove a saciedade e promove efeitos anorexígenos, reduzindo então a ingestão de alimentos.
Indivíduos obesos têm elevadas concentrações de insulina. A hiperinsulinemia (alta concentração sérica de insulina), esta relacionada  a uma falha nos receptores de insulina das célula. Esta resistência uma vez não tratada pode piorar o quadro de DMII (diabetes mellitus tipo II).

ADIPONECTINA
A adiponectina é uma proteína especifica do tecido adiposo, é uma proteína de controle na obesidade, e quando a massa adiposa do corpo aumenta esta então diminui drasticamente, assim como nos obesos resistentes a insulina. Conclui-se que indivíduos com taxas elevadas de adiponectina diminui a glicemia e melhora a resistência à própria insulina, portanto melhora o diabetes e pode reduzir a obesidade.

GRELINA
A grelina é secretada na mucosa gástrica e é um sinalizador para o inicio da ingestão alimentar. Uma das principais funções da grelina é o aumento da secreção do hormônio do crescimento (GH). 
Constata-se que em obesos há baixos níveis de GH, contudo isso acontece porque indivíduos obesos têm dificuldades em metabolizar o carboidrato, afetando a glândula hipófise, e esta glândula é responsável por liberar o GH.

HORMONIOS TIREOIDIANOS
Os hormônios tireoidianos (T3 e T4), são secretados pela tireoide e controlam o metabolismo, onde desta forma o organismo consegue extrair a energia dos alimentos, das gorduras ou queima-los para alimentar órgão e tecidos.

HIPOTIREOIDISMO
É uma condição na qual a tireoide produz pouco hormônio, (tireoide preguiçosa), então o organismo reduz suas funções especificas. As principais consequências do hipotireoidismo:
-desanimo;
-sensação de frio demasiado;
-pele seca, cabelos quebradiços;
-inchaço nas pernas e nos olhos;
-pouco suor;
-intestino preso;
-irregularidade menstrual;
-cansaço excessivo;
-arritmias;
-depressão.

OBESIDADE
CIRCUNFERÊNCIA DA CINTURA
Estudos recentes demontram vários tipos de tecidos adiposos, como obesidade central (forma de maça) mais comum nos homens. Já obesidade absoluta (102 cm para os homens e 88 cm para as mulheres).
IMC (índice de massa corpórea)
O índice de massa corporal, é um método amplamente difundido para se medir a gordura corporal, foi criado pelo estatístico belga Adouphe Quetelet.
Equação: IMC = Kg/ m2 ( Kg é o peso do individuo e m é a altura em metros).
IMC
Classificação
< 18.5
Abaixo do Peso
18.5–24.9
Peso normal
25.0–29.9
Sobrepeso
30.0–34.9
Obesidade grau I
35.0–39.9
Obesidade grau II
≥ 40.0
  Obesidade grau III 

FATORES DE RISCO NA OBESIDADE
A obesidade hoje é tratada como situação de saúde pública, onde muitas doenças estão envolvidas com piora do quadro clínico geral do paciente, entre elas estão a arteriosclerose coronariana, diabetes mellitus tipo 2 e a apneia do sono.

DOENÇAS ASSOCIADAS
Males físicos podem predispor a obesidade, nesta sequência podemos incluir várias síndromes congênitas, hipotireoidismo, síndrome de Cushing, deficiência do hormônio de crescimento. Outras situações ou doenças psicológicas podem desenvolver também a obesidade, diabetes, disfunções alimentares como bulimia nervosa.

FATORES COMPLICANTES
Dentre os mais difíceis de vencer é o sedentarismo, a pessoa não se esforça, não caminha, come muita gordura saturada, açucares e carboidratos, assim como refrigerantes em demasia e lanches rápidos no seu dia-a-dia.

TRATAMENTOS
O tratamento clínico engloba todo um estudo criterioso do quadro geral de saúde para que se possa indicar o melhor tratamento para cada caso de obesidade.

TRATAMENTO POR ACUPUNTURA
A acupuntura irá trabalhar de forma a equilibrar o organismo auxiliando no processo de emagrecimento, através de pontos de eliminação de gordura localizada, assim como pontos de drenagem linfática diminuindo o excesso de liquido preso aos tecidos. Outra função especifica será a redução da fome e da ansiedade que leva a comida excessiva (gula), iremos equilibrar o individuo na sua forma psíquica e física, melhorando assim a sua autoestima. Usaremos agulhas no corpo e no pavilhão auricular aumentando o efeito de prolongamento da acupuntura. Os resultados são evidentes logo nas 10 primeiras sessões!

Caso Clínico




...OUTRORA O PESO EXISTENTE NA CARNE, TRANSPORTA-SE  PARA O CENTRO E PARA DENTRO DO PRÓPRIO ABISMO DESENFREADO PELA VONTADE DE ESCONDER-SE DO MUNDO...

SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)

Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: (11)2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone:(11) 3628-2125 / 3628-2129
Consultório III: Av.Onze de Junho, 357 -Vila Clementino  - Telefone: (11)3211-7105



CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...