quarta-feira, 28 de setembro de 2011

ESPONDILOLISTESE E ACUPUNTURA

Espondilolistese é um escorregamento de um corpo vertebral no sentido anterior, posterior ou lateral em relação à vértebra de baixo. O escorregamento desta vértebra ocasiona uma compressão importante de uma raiz nervosa, levando à sintomas desagradáveis.
CLASSIFICAÇÃO
São classificadas em 5 grupos: Displasica – anomalia da porção superior do sacro, Ístmica – lesão por  fratura do ístimo vertebral,  Degenerativa – processo degenerativo do disco ou da vértebra, Traumática – Fratura aguda do arco posterior da vértebra, Patológica – Enfermidade óssea (tumor).
SINTOMAS
Dor lombar, dor ciática irradiada, dor nas pernas ao caminhar, parestesia ou formigamento, encurtamento da musculatura posterior das pernas, perda de força e coordenação dos movimentos das pernas, incapacidade de andar.
CAUSAS
As causas mais comuns estão relacionadas aos adultos e idosos, quase sempre com aspecto degenerativo que é provocado pelo desgaste das articulações facetarias, fazendo parte dos mais variados quadros de degeneração da coluna vertebral.
A espondilolistese Istimica ocorre no entanto devido a um defeit das articulações  facetarias, devido a lesões ocorridas na infância e a situações genéticas associadas. Esses quadros são comuns na infância e adolescência.
EXAMES COMPLEMENTARES
RX, Ressonância Magnetica.
TRATAMENTO CLINICO
Uso de antiinflamatórios, relaxantes musculares e analgésicos e Fisioterapia.
TRATAMENTO POR ACUPUNTURA
Após diagnostico na medicina chinesa, observaremos os meridianos acometidos pelo quadro patológico.


A dor nas costas que dizer que há muita concentração de energia no local, esta energia refere-se ao sangue e a linfa, que parada pode provocar pontos de inflamação e dor. A aplicação da acupuntura libera endorfina, serotonina e cortisol, onde ocorrera melhora da dor, inflamação e relaxamento da musculatura.
Utilizamos agulhamento sistêmico (agulhas no corpo e local),  acupuntura auricular, uso de moxabustão (Artemísia), e também utilizamos eletroacupuntura com efeito mais rápido e duradouro. Os resultados são positivos, com alivio logo nas primeiras sessões.

CASO CLÍNICO (Tratamento)











SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)
Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: (11)2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone:(11) 3628-2125 / 3628-2129
Consultório III: Av.Onze de Junho, 357 -Vila Clementino  - Telefone: (11)3211-7105




CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com




SÍNDROME DO OMBRO DOLOROSO E ACUPUNTURA

O ombro doloroso caracteriza-se por dor e impotência funcional de graus variados, que acometem a movimentação do ombro, incluindo as articulações, ligamentos, tendões e bursas.
A estes sintomas irão se agregar quadros importantes de afecções e  sobrecargas que implicarão na etiopatogenia, que levarão a síndrome  em questão.
CAUSAS
As causas mais freqüentes são: bursites subdeltoideanas ou subacromial, miofibrosites, artrites do ombro.
Em relação as causas de bursite subdeltoideana ou subacromial temos:
-Atividade excessiva
-Hiperabdução prolongada
-Ruptura do supraespinhoso, infra-espinhoso ou porção longa do bíceps
-Luxação acrômio-clavicular
-Irritação Pós-Osteófitos
-Alterações por inflamação no manguito rotador
SINTOMAS
Os sintomas na forma aguda são: dor intensa na região da articulação escapulo-umeral agravada pelos movimentos, irradiação da dor para o pescoço, as vezes para o braço e ponta dos dedos, limitação dos movimentos com dor extrema à abdução ou rotação. Na forma crônica, encontramos os seguintes sintomas: atrofia do músculo deltóide e supra-espinhoso, incapacidade de movimentos da articulação escapulo-umeral, hiperalgia em nível do troquiter.
EXAME FÍSICO
Haverá dor na maior parte dos pontos na região do ombro (inserção do supra-espinhoso, porão longa do bíceps, articulação acrômio-clavicular, apófise coracóide, bolsa subacromial) a frente o arco doloroso a nível do ombro se dá com a abdução dificultado na passagem da grande tuberosidade do úmero sobre o acrômio. O exame de maior gravidade se dá a nível do tendão do músculo supra-espinhoso, denotando lesões graves.
EXAMES COMPLEMENTARES
Raios-X, ultra-sonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética.
TRATAMENTO CLÍNICO
Antiinflamatórios não esteróides, infiltração de corticóides, fisioterapia e cirurgia.
TRATAMENTO POR ACUPUNTURA
Após avaliação da síndrome sob a visão da medicina chinesa, analisaremos  padrão desarmônico, os pontos dolorosos e o desequilíbrio energético. Utilizaremos acupuntura sistêmica (agulhas no corpo e no local), acupuntura auricular, eletroacupuntura, moxabustão e laser acupuntura. Acupuntura irá liberar endorfinas locais e substâncias antiinflamatórias melhorando assim, o estado geral.

CASO CLÍNICO (tratamento)








SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)
Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: (11)2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone:(11) 3628-2125 / 3628-2129
Consultório III: Av.Onze de Junho, 357 -Vila Clementino  - Telefone: (11)3211-7105



CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com



quinta-feira, 22 de setembro de 2011

DIABETES MELLITUS E ACUPUNTURA

Diabetes Mellitus é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal de açúcar ou glicose no sangue. A glicose é a principal fonte de energia do organismo, porém, quando em excesso, pode trazer várias complicações à saúde. Quando não tratada adequadamente poderão ocorrer complicações, como ataque cardíaco, derrame cerebral, insuficiência renal, problemas na visão, amputações e lesões de difícil cicatrização.
CLASSIFICAÇÕES
- Diabetes Mellitus (tipo 1):
* Destruição das células beta levando à deficiência completa de insulina, de causa desconhecida.
- Diabetes Mellitus (tipo 2):
* Apresenta complicações devido aos graus variados de diminuição de secreção e resistência à insulina
SINAIS / SINTOMAS
A tríade clássica dos sintomas da diabetes
*Poliúria (aumento do volume urinário)
*Polidipsia (sede aumentada)
*Polifagia (aumento do apetite)
OUTROS SINTOMAS IMPORTANTES
Perda de peso, visão turva, cetoacidose diabética e fadiga.
FATORES DE RISCO
Os principais são: obesidade, hipertensão arterial sistêmica, colesterol HDL (bom) abaixo de 35mg/dl e o triglicerídeos acima de 250mg/dl
CAUSAS
Existem inúmeras causas, exemplo: defeitos genéticos no funcionamento da célula beta, defeitos genéticos no processamento da insulina, defeitos do pâncreas, incluindo patologias adquiridas, endocrinopatias (doenças dos hormônios), infecções virais, fatores genéticos tanto no tipo 1 quanto no tipo 2 e drogas medicamentosas.
FISIOPATOLOGIA
O pâncreas é o responsável pela produção do hormônio denominado insulina. Como a insulina é o principal hormônio que regula a quantidade de glicose absorvida pela maioria das células a partir do sangue a sua deficiência ou insensibilidade de seus receptores irão levar à desequilíbrios e a sua quantidade insuficiente irá denominar as formas de Diabetes Mellitus.
COMPLICAÇÕES
Cegueira, Hiperglicemia, Coma Diabético, Cetoacidose Diabética, Amputação, Hipertensão arterial, Tromboses, Problemas Renais, AVC, Obesidade e Pé Diabético.
TRATAMENTO CLÍNICO
Medicamentos, Hipoglicemiantes orais, insulina.
TRATAMENTO POR ACUPUNTURA
O Diabetes segundo a medicina tradicional chinesa é uma doença caracterizada por um padrão desarmônico levando à quadros de deficiências funcionais dos Zang-Fu onde, o desejo de beber grandes quantidades de água fria, indica presença de calor no organismo e a sensação permanente de fome é um sinal de calor no estomago, onde a urina freqüente e abundante indica a deficiência do rim. Podemos ter também danos ao baço – pâncreas e ao estômago, assim como alterações do fígado.
Utilizamos pontos sistêmicos (agulhas no corpo) e acupuntura auricular. Os resultados são excelentes pois, haverá melhora dos níveis metabólicos e do equilíbrio energético do corpo, assim como melhora do aspecto emocional.




Caso Clínico (Tratamento)








SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)
Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: (11)2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone:(11) 3628-2125 / 3628-2129
Consultório II: Av.Onze de Junho, 357 -Vila Clementino  - Telefone: (11)3211-7105



CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com

TENSÃO PRÉ- MENSTRUAL (TPM) E ACUPUNTURA

A tensão pré-menstrual, também conhecida como TPM é uma síndrome que atinge grande parte das mulheres, nos dias que antecedem o ciclo menstrual.
SINTOMAS
A sintomatologia mais comum  se caracteriza por irrtitabilidade e ansiedade mais acentuadas, bem como manifestações físicas, como por exemplo dor nos seios, distensão abdominal e cefaléia. Ocorre também retenção de liquido e sódio no corpo.
CAUSAS
As causas da TPM não são bem definidas, já que uma parcela da população feminina não apresenta sintomas expressivos, mas pelas características esta relacionada a elevação do estrogênio durante a fase pré-menstrual ou a queda da progesterona. O organismo acaba sofrendo mudanças importantes, onde estes hormônios acabam interferindo no processo dos neurotransmissores, causando assim distúrbios psíquicos ou psiquiátricos. Podem também afetar os receptores do Sistema Nervoso Periférico.
CAUSAS NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA
A causa mais comum é a estagnação do Qi do fígado (Gan), mas poderão ocorrer mucosidade fogo, deficiência de sangue no fígado (Gan), deficiência do Yin do figado e do rim.
TRATAMENTO PELA ACUPUNTURA
Devemos tratar o fígado, tonificar o baço e o rim, eliminar a estagnação,  acalmar a mente, e nutrir o sangue.
Utilizamos pontos sistêmicos (no corpo), e região abdominal baixa, assim como pontos a distância e acupuntura auricular. Podemos também  utilizar moxabustão (Artemísia). Os resultados são excelentes, principalmente para mulheres que tem quadros de menstruação irregular.
OBS: O consumo de laticínios e alimentos gordurosos em excesso poderão  gerar a formação de mucosidade, onde a estagnação do fígado pode gerar fogo gerando mucosidade fogo, progredindo para os sintomas de irritabilidade, obstruindo o tórax, e acumulando liquidos pelo corpo.

Caso Clínico (Tratamento)












SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)
Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: (11)2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone:(11) 3628-2125 / 3628-2129
Consultório III: Av.Onze de Junho, 357 -Vila Clementino  - Telefone: (11)3211-7105




CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...