domingo, 11 de dezembro de 2011

ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA (ELA) E ACUPUNTURA

HISTÓRICO
Em 1869, Jean Martin Charcot, o primeiro professor de neurologia na Salpetrire, e Joffroy descreveram dois pacientes com AMP com lesões associadas na porção postero-lateral da medula nervosa. Em 1969, Brain e Walton consideraram a DNN (doença do neurônio motor) e ELA como sinônimos, então ELA ficou mais comumente utilizado.
DEFINIÇÃO
A esclerose lateral amiotrófica (ELA), também chamada de doença de Lou Gehrig e doença de Charcot, é uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal, caracterizada pela degeneração dos neurônios motores, as células do sistema nervoso central, que controlam os movimentos voluntários dos músculos, e com sensibilidade absolutamente preservada.
MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS
Clinicamente iremos observar a atrofia muscular progressiva, ou seja a perda de massa muscular grave. Afetando a medula cervical, logo observa-se a atrofia que se inicia na parte distal dos membros superiores, com fraqueza muscular que segue evolução ascendente. O aspecto evidente será as mãos parecidas com a dos macacos “simiesca”.
O acometimento progressivo dos nervos cranianos haverá de imediato o comprometimento da língua, seguida do véu do palato, laringe, faringe, músculos peribucais e mastigadores. Ocorre então comprometimento do nervo bulbar, onde haverá dificuldades na mastigação, ou a fala mal articulada, com fraqueza da língua.
Ocorrerá concomitantemente fraqueza muscular também nos membros inferiores, onde haverá dificuldades na locomoção.
APRESENTAÇÃO E FORMAS DA DOENÇA
Dois tipos de neurônio são afetados na ELA: neurônio motores superiores (NMS), ou primeiro neurônio, os quais estão localizados na área motora do cérebro, e neurônio motores inferiores (NMI), ou segundo neurônio, que estão localizados no tronco cerebral e na porção anterior da medula espinhal.
A doença se apresenta de formas prováveis e o diagnóstico em sítios topográficos iniciais que levam a comprometimento, são eles:
DISFUNÇÃO DO NEURÔNIO MOTOR SUPERIOR
-Fraqueza
-Reflexos tendineos vivos (movimentos intensos)
-Há presença de reflexos normais
DISFUNÇÃO DO NEURÔNIO MOTOR INFERIOR
-Fraqueza
-Fasciculações ( contração involuntária da musculatura)
-Atrofia
-Atonia ( sem força)
-Arreflexia ( falta de reflexos)
DISFUNÇÃO DOS NEURÔNIOS MOTORES DO TRONCO CEREBRAL
-Disfagia ( dificuldade na deglutição)
-Disartria ( dificuldades de falar).
EVOLUÇÃO DA DOENÇA
Stephen Hawking [físico teórico e cosmólogo britânico]
A paciente apresenta dificuldades na mobilidade ativa, dificuldades ao se locomover, comer e falar, dificuldades em segurar objetos nas mãos e de ficar em pé. O processo evolutivo da doença acaba por acometer o músculo diafragma, gerando insuficiência respiratória importante levando o paciente a complicações severas e óbito.
FUNÇÕES NÃO COMPROMETIDAS
As capacidades mentais e psíquicas estão preservadas. A ELA não afeta as funções corticais superiores como a inteligência, memória e órgãos dos sentidos.
As funções autonômicas como função cardíaca, digestão, micção, defecação, manutenção da temperatura e pressão sanguínea estarão preservadas.
DIAGNÓSTICO
Os critérios diagnósticos são estabelecidos pelo EL ESCORIAL WORLD FEDERATION of  NEUROLOY.
-PRESENÇA DE:
*Envolvimento clinico, eletroneuromiografico ou anatomopatológico do neurônio motor inferior.
*Progressão da doença.
-AUSÊNCIA DE:
*Comprometimento sensitivo
*Comprometimento autonômico
*Comprometimento visual
*Sindrome de Parkinson
*Alterações nos exames de neuroimagem
APOIADO POR:
*Fasciculação em uma ou mais regiões
*ENMG – alterações neurogênicas, velocidade de condução normal: sem bloqueio de condução.
TRATAMENTO CLÍNICO
Uso de Anti-inflamatórios, Vitaminas, Creatina, Clembuterol, oxalandrona, L-carnitina.
TRATAMENTO SINTOMÁTICO
Utiliza-se medicações especificas para controlar a ansiedade, depresão, câimbras, espasticidade, fasciculações, insônia, salivação. Fisioterapia e Home Care.
TRATAMENTO POR ACUPUNTURA
A acupuntura quando aplicada ira estimular neurotransmissores ( substâncias sintetizadas pelas células nervosas, que atuam no cérebro, na medula espinhal e nos nervos periféricos). O cérebro libera substancias importantes como endorfinas e  opiaceos endógenos.Utilizamos acupuntura sistêmica (agulhas no corpo e no local), e auriculoacupuntura. Os resultados são evidentes logo nas primeiras sessões.
O paciente melhora o estado de ânimo, as dores generalizadas, diminui o refluxo gastroesofagico e a tosse que acomete quase sempre, pois haverá diminuição da força diafragmática.


Caso Clínico (Tratamento)


















SERVIÇOS - mapa da região (clique no endereço desejado) 
Dr. José Antonio Rinaldi (Crefito3 / 12347-F)
Consultório I: Rua Salete, 117 - Santana - Telefone: 2973-9099
Consultório II: Rua Serra de Bragança, 1355 - Tatuapé - Telefone: 3628-2125 / 3628-2129
Consultório III: Rua Tapajós, 78 - Centro - Guarulhos - Telefone: 2409-9996 / 2443-0523





CONTATOS
Cel: 55(11)- 993472511
email: dr.rinaldiacupuntura@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...